As expectativas são fontes de combustíveis para alimentar nossa alma carente e nos manter vivos diante de tantas amarguras da vida. Mas idealização de uma pessoa é muito perigoso, pois se torna uma armadilha para nós mesmos.

Criar a imagem de alguém que não existe só para satisfazer nossas expectativas é uma ilusão vazia, e com isso inventamos sentimentos que acalente nosso coração para que possamos fugir da solidão.

Não necessariamente se trata de imaginar ou criar algo que não existe. Muitas vezes a idealização envolve algo restrito, ela limita.

Nos atentamos a determinados aspectos de alguém e esquecemos de outros e se entramos em contato com os outros aspectos que fogem às nossas expectativas nos frustramos ou surpreendemos.

Preste atenção em si mesmo…

A idealização nos cega, e muitas vezes aceitamos atitudes horríveis do outro porque nós mesmos criamos as desculpas esfarrapadas para cada ato cometido por essa pessoa.

Olhar para o que é real dói. Perceber a realidade das coisas e pessoas dói, mas é bem melhor do que sonhar acordado com o mundo inatingível do que não existe, da idealização.

Embora uma pessoa possa mesmo ter características que nos encantam e sejam compatíveis conosco, nunca devemos esquecer que as bases do casal são construídas e alimentadas dia a dia, e não de uma só vez e para sempre.

Quanto mais vazio é o pessoal, maior é a idealização que uma pessoa faz do candidato a pessoa amada ou ao parceiro real.

Aquelas pessoas que estão machucadas pelo amor provavelmente fazem parte do time de quem fecha os olhos para a realidade e enxerga somente o que quer.

O problema se agrava quando a pessoa tem uma atitude ruim ou comete algum erro. Por conta de toda a projeção que se deposita, a primeira reação é a de se sentir traído, enganado e trapaceado.

Tudo isso pode levar tanto a afastamento pacífico quanto a demonstrações de ódio pela pessoa, falando mal dela ou partindo até para uma possível agressão física.

Aprenda a lidar com as expectativas!

Diminuir as expectativas em relação a coisas e pessoas é um passo fundamental para crescer consigo mesmo. Você perceberá que sim, depende de algumas pessoas e de certas situações, mas que elas não tomam mais conta da sua forma de ser e estar.

Não é deixar de sonhar, de ser otimista, de esperar do próximo, mas de saber ponderar até onde vão suas expectativas e até onde o outro pode supri-las ou não.

É estar preparado para as respostas que a vida ou as pessoas lhe darão, não se deixando afetar de forma a “perder o chão”.

Nenhuma pessoa é obrigada a atender as nossas expectativas e ao que achamos ser o amor correto, e na maioria das vezes, precisamos ver que duas pessoas são perfeitas, mas não necessariamente perfeitas uma para a outra.

Procure ajuda se entender que não consegue lidar com isso sozinho.

Deixe seu Comentário

Sobre mim

Dr. José Dircksen é um profissional que atua no ramo de atividade de Psiquiatria e Medicina Psicossomática.

Horário de Atendimento

Seg - Sex: 8.00 am - 6.00 pmSábado: 10.00 am - 3.00 pmDomingo: Sem atendimento

Contatos

Telefone: (47) 3521-0289R. Roberto Kock, 621 - SumaréRio do Sul - SCVeja mais