As crianças e adolescentes estão inseridos em diversos ambientes diariamente, como por exemplo o ambiente doméstico, a escola e atividades de lazer, que possuem alta capacidade de influenciar ou modular suas emoções e seus comportamentos. Além disso, várias pesquisas têm demonstrado que a presença destes problemas implica prejuízos importantes no funcionamento do indivíduo, que podem acompanhar em todo o seu desenvolvimento futuro, caso não sejam tratados. Por isso a importância da psiquiatria na infância e adolescência.

Portanto, a demanda da psiquiatria na infância e adolescência nos que necessitam de avaliação e intervenção de profissionais da área da saúde mental infanto-juvenil é muito grande.

Para muitas crianças é difícil expressar o que estão sentindo: seus sofrimentos, angústias, sensações desagradáveis. Muitas somente expressam seu adoecimento através da mudança de comportamento, tornando-se mais solitárias, agitadas além do costume, agressivas sem motivo aparente, arredias à escola, com medos excessivos/imotivados, choro constante, etc.

Já a adolescência é uma fase da vida muito difícil, mas não apenas para os próprios como para os pais que também sofrem com dúvidas sobre como criar seus filhos para um futuro decente. Especialmente hoje, num momento em que o conceito de família está mudando, os pais ficam confusos e muitas vezes sentem-se incapazes de lidar com os filhos que também procuram impor o que melhor lhe convém. Estes por sua vez estão passando por diversas mudanças de opinião, de gostos e convivência. É o período de mudanças e que forma a pessoa para o adulto que ela será.

Como é feito o diagnóstico de problemas?

Em primeiro lugar, a avaliação psiquiátrica de crianças e adolescentes apresentam características peculiares que a diferenciam claramente da avaliação de adultos.

As forças do desenvolvimento ainda atuam intensamente nessas etapas do ciclo vital. O importante é diferenciar as características normais de determinadas fases, de sintomas de problemas de saúde mental. Consequentemente, para a avaliação de crianças e adolescentes é fundamental o conhecimento profundo do desenvolvimento normal nessas faixas etárias.

Apesar da importância do tratamento precoce, muitas crianças e adolescentes permanecem sem diagnóstico e tratamento, ou então demoram muito a buscar ajuda por receio dos pais de uma avaliação psiquiátrica, do uso de medicações psicotrópicas e medo do preconceito por realizar tratamento. Passar por esse tipo de tratamento é de grande ajuda para entender melhor todos os acontecimentos e na tomada de atitudes.

Portanto, o profissional aborda diretamente o paciente e também aborda os ambientes e indivíduos com quem este convive, no caso os colegas de escola, família, professores. Um contato próximo com a família e com outros cuidadores é essencial para uma avaliação completa do quadro da psiquiatria na infância e adolescência e para a implementação de um tratamento abrangente e personalizado.

Sobre mim

Dr. José Dircksen é um profissional que atua no ramo de atividade de Psiquiatria e Medicina Psicossomática.

Horário de Atendimento

Seg - Sex: 8.00 am - 6.00 pmSábado: 10.00 am - 3.00 pmDomingo: Sem atendimento

Contatos

Telefone: (47) 3521-0289R. Roberto Kock, 621 - SumaréRio do Sul - SCVeja mais