Existem diversas formas de tratamento das enfermidades mentais. As abordagens terapêuticas dos transtornos mentais encontram-se divididas em biológicas (medicação) e não-biológicas (psicoterapia).

Ambas são complementares e podem potencializar e acelerar o controle de crises e recaídas. Como a maioria dos transtornos não possui cura, conseguir lidar sem sofrimento e com mais qualidade de vida faz total diferença na vida de alguém.

A atuação dos medicamentos para isso pode tornar a psicoterapia mais efetiva e vice-versa. Neste caso, eles podem reduzir a severidade dos sintomas e aumentar a adesão do paciente à intervenção psicoterápica.

Já o contrário, no caso da terapia, ela ajuda o indivíduo mudar sua forma de encarar a realidade e lidar com pensamentos automáticos, ao mesmo tempo em que mudam seus comportamentos e a maneira como se age na vida.

Outro exemplo, se uma pessoa apresenta um quadro de depressão muito severo, pode ter dificuldades de comunicação com o terapeuta e até mesmo de se expor às habilidades sociais que são comprometidas nesses casos. A medicação correta auxiliará o paciente na redução dos sintomas, e assim responder à psicoterapia de maneira mais adequada.

Quem convive com uma pessoa diagnosticada com um transtorno mental também precisa de ajuda e terapia ajudará compreender melhor o problema e lidar de forma mais adequada. Por isso, é importante conversar com os profissionais que cuidam do paciente e acompanhá-lo sempre que possível.

É importante lembrar que a psicoterapia é um tratamento longo, que exige comparecer assiduamente às sessões com o terapeuta. Mas, por vezes, a própria depressão faz o desânimo falar mais alto e a vontade de faltar vai ser forte.

Nesse caso, faça o esforço que puder para estar presente já que, assim como medicações potencialmente prescritas pelo médico, a psicoterapia também precisa de doses regulares.

Lembre-se: O psiquiatra e o psicólogo desempenham funções diferentes, mas o trabalho de um, não significa excluir do outro. Os resultados são melhores quando trabalham juntos e podem complementar as suas virtudes.

Deixe seu Comentário

Sobre mim

Dr. José Dircksen é um profissional que atua no ramo de atividade de Psiquiatria e Medicina Psicossomática.

Horário de Atendimento

Seg - Sex: 8.00 am - 6.00 pmSábado: 10.00 am - 3.00 pmDomingo: Sem atendimento

Contatos

Telefone: (47) 3521-0289R. Roberto Kock, 621 - SumaréRio do Sul - SCVeja mais